E ai, existe ou não o tão falado ponto G?  É somente através dele que a mulher atinge o orgasmo?

Na verdade alguns estudiosos dizem que o ponto G existe num labirinto dentro da vagina, outros dizem que isso não passa de pura ficção.  a boa notícia é que independentemente do ponto G, existem outras formas de a mulher atingir o orgasmo.

Existem outras formas de dar e receber prazer, através de toques, carícias, beijos e não apenas pela penetração.  Muitas mulheres dão muito mais valor e ficam extremamente excitadas durante as preliminares do que necessáriamente na penetração. O prazer feminino é maior quando a mulher está relaxada e consciente de suas áreas de prazer (ou seja, quando ela sabe onde e como gosta de ser tocada). Estresse, ansiedade, cobranças internas (pensamentos do tipo: “Tenho de conseguir sentir prazer”) e preocupações (como “Será que ele está gostando de mim?”, “Será que ele está me achando gorda?”, “Será que isso… será que aquilo…”) são fatais à excitação e, em conseqüência, ao orgasmo.  Portanto, se você trata-la com carinho, paciência e percorrer cada pedacinho do seu corpo, com certeza a mulher atingirá o orgasmo!

Vale também colocar em prática aquela fantasia, usar brinquedinhos eróticos, ir a um motel, enfim, tudo o que possa apimentar o relacionamento e fazer com que ela sinta-se desejada, facilitará o orgasmo feminino!